Brail – Na noite da última terça-feira (29), o presidente da república Jair Bolsonaro sancionou, sem vetos, a lei que estabelece pena de dois a cinco anos de cadeia para quem praticar maus-tratos ou violência contra cães e gatos.

A lei também prevê multa e proibição da guarda para quem praticar os atos contra esses animais.

Este progresso foi assinado durante cerimônia no Palácio do Planalto, em Brasília, e contou com presença de ministros, acompanhados de seus animais de estimação.

Ainda durante a cerimônia, Jair Bolsonaro afirmou que nunca teve dúvidas se sancionaria ou não o projeto, e que o intuito de aumentar a pena para este caso, é de que o crime deixe de ser considerado de menor potencial ofensivo, fazendo com a população que pensa em cometer maus-tratos aos bichos indefesos, fique intimidada.