Manaus – Segundo o Boletim de Ocorrência (BO) do dia 27 de agosto de 2019, o professor de língua portuguesa Anderson Pimentel Rodrigues foi brutalmente agredido pelo tenente-Coronel Augusto Cezar Paulo de Andrade.
 
O fato aconteceu dentro das dependências do Colégio da Polícia  Militar. De acordo com  a denúncia, o professor estava na sala dos professores, quando o tenente-coronel chegou com um livro de ocorrência em que acusava Anderson de três graves infrações. O professou se recusou assinar o livro, alegando não concordar com as denúncias.
 
Em seguida o tenente-coronel ordenou o educador para entrar no carro e leva-lo até ao Distrito da SEDUC, com medo, o professor se recursou entrar no veículo do tenente-coronel. Alterado o tenente-coronel Augusto agrediu com um tapa no rosto o professor.
 
Desorientado e enfraquecido, o professor começou a pedir socorro, quando chegou dois policias tentando amenizar a situação.
 
Em seguida foi arrastado até uma guarita, quando o tenente-coronel e mais dois policiais começaram uma sessão de tortura, psicológica e física, em um dos momentos o tenente-coronel sacou a arma e apontou no rosto da vítima, ameaçando a atirar.
 
Segundo as imagens a tortura durou em média 3 minutos.
 
O professor fez boletim de ocorrência e exame de corpo de delito.
 

As escolas militares de Manaus tem sido alvo de denúncias nos últimos dias.

Fraudes e Abusos nos Colégios da PM 
 
Depois da repercussão do pronunciamento do Deputado Fausto (PV), sobre as irregularidades, abusos de autoridade e assédio sexual nos Colégios da PM, o alto comando da instituição resolveu agir.
 
Publicou Boletim alterando a Sindicância de apuração de Fraudes nos CMPM mudando de mãos, por que. ST PM Glaucia, após 4 dias de depoimentos, juntou mais de 1.000 páginas de provas contra 3 Coronéis mais antigos que o Cel. PM Azevedo, que presidia a Sindicância, e, por conta de restrições legais do Código de Processo Penal Militar, a Sindicância foi remetida ao Cel. Mouzinho, 02 da PM no AM.
 
Veja vídeo 
 
 
 
 
 
 

Fonte O Abutre