Funcionário de prefeitura é preso vestido de mulher e praticando ato obsceno

O crime de atentado ao pudor aconteceu próximo da empresa Serveng que atua nas obras da Transposição do Rio São Francisco.

O acusado praticava os atos libidinosos vestido de mulher com direito a calcinha e sutiã e, desta forma, foi apresentado na Delegacia Regional de Polícia Civil de Brejo Santo no Ceará.

Segundo a polícia, ele é reincidente na prática de atos libidinosos. Há três dias, igualmente em Jati, teria corrido atrás dessa mesma mulher e não conseguiu alcançá-la quando fez um Boletim de Ocorrência (BO) contra o mesmo.

O maníaco responde ainda um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) protocolado no dia 27 de outubro de 2015 na 2ª Vara da Comarca de Brejo Santo pelo mesmo motivo. A polícia sabe, também, de denúncias contra Cícero Paixão, em Missão Velha e Milagres.

Ao ser ouvido neste final de semana na Delegacia de Brejo Santo, o acusado disse já ter se consultado com psicólogos os quais dizem que o mesmo não tem problemas apesar de ele próprio achar que tem algum distúrbio. Logo depois, foi posto em liberdade após um novo TCO. O funcionário é concursado como motorista na Prefeitura de Brejo Santo, porém pais de alunos pediram para tirá-lo da função terminando por ser transferido para cuidar do som do cine teatro.

ver mais notícias