Atriz é agredida e obrigada pelo diretor a fazer cena de sexo

O diretor sul-coreano Kim Ki Duk,  foi acusado de violência presumida sobre uma atriz por ter adicionado ao filme uma cena de sexo que não constava no roteiro.

O caso aconteceu durante as gravações de ‘Moebius’, em 2013, e foi divulgado pelo Dong-A Ilbo. Segundo a reportagem, informa o Hollywood Reporter, ele teria agredido a mulher de 41 anos no set e em seguida pediu que ela participasse da cena polêmica.

“É verdade que ele bateu nela, mas isso fazia parte das instruções para a cena”, disse o produtor de Kim,vencedor do Leão de Ouro em Veneza e do Urso de Ouro em Berlim, que negou que ele a tenha pressionado a participar da gravação.

O filme foi exibido no ano de seu lançamento no festival de Veneza e chegou a ser banido do país natal de Kim, a Coreia do Sul. A atriz não teve a identidade divulgada.

ver mais notícias