Meningite - Topo Postagem

Assaltante baleado em assalto diz que queria dinheiro para comprar maconha e cocaína.

Bruno Diogo Correa chaves, 28, é o nome do assaltante que sobreviveu na tentativa de assalto ao micro-ônibus executivo da linha 822, nesta segunda-feira ao meio-dia, quando um homem até o momento desconhecido, que viajava como passageiro, abriu fogo contra ele e seu comparsa, que morreu na hora com pelo menos seis projéteis de pistola espalhados pelo corpo.

2016072610405813669180_1048301538539703_4093465412429906187_n__copiaO assaltante que escapou da morte foi alvejado nos dois ombros e na perna direita, mas o que realmente foi considerado um milagre foi que Bruno Diogo também recebeu um tiro no rosto, mas escapou porque o projétil simplesmente atravessou de um lado a outro de suas bochechas, segundo confirmaram os médicos que o atenderam no HPS Dr. João Lúcio.

No depoimento, segundo informações obtidas na delegacia, Bruno Diogo confessou que a arma usada era uma imitação de um revólver, feita por ele e pelo comparsa, com uso de canos e pedaços de madeira, para os assaltos em mocro-ônibus. Ele e o comparsa morto sempre foram viciados em drogas e queriam dinheiro para comprar maconha e cocaína.

13669180_1048301538539703_4093465412429906187_n

13619905_1048301611873029_920859990591699459_n - Copia

Fotos do Zacarias

ver mais notícias