O Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam) realizará reunião virtual no próximo dia 24 de junho, às 10h, cumprindo, assim, o calendário inicialmente previsto, para deliberar sobre nova pauta de projetos industriais.  A reunião será realizada por meio da plataforma Teams.

 

Os projetos já protocolados até o dia 26 de abril, e analisados pelas equipes técnicas das Secretarias de Desenvolvimento Econômica, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti) e de Fazenda (Sefaz), no dia 30 de abril, somente serão encaminhados para a aprovação ad referendum do governador Wilson Lima se tiverem cumprido todos os requisitos previstos na legislação. Esse prazo se encerra nesta sexta-feira (5).

 

Em caso contrário, os projetos incluídos na pauta serão submetidos aos trâmites normais do Codam.

 

Até a semana passada, cerca de 26 projetos foram analisados pelas equipes da Sedecti e Sefaz, incluindo propostas para a produção  aparelhos para análise de amostras de sangue por meio de radiação óptica, da Positivo Tecnologia; e para a fabricação de máscaras descartáveis de uso hospitalar, da Cal-Comp Indústria e Comércio.

 

A aprovação ad referendum dos projetos encaminhados pelas empresas é mais uma iniciativa Governo do Estado no enfrentamento da crise gerada pela pandemia do novo coronavírus, de modo a minimizar o impacto sobre a atividade industrial e o mercado local, e a possível perda de empregos e receitas para o Tesouro.

 

O secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, Jório Veiga, lembra que o Governo vem adotando, desde o início da crise da Covid-19 no Amazonas, em março, todas as medidas para garantir, dentro do que permite a legislação, as condições necessárias para que as empresas mantenham suas operações no parque industrial local.

 

“O Governo está cuidando das pessoas, e também da nossa base de sustentação econômica, para que  possamos retomar, o mais breve possível, a produção em sua plenitude”, disse o secretário.

 

Balanço – A última reunião do Codam foi realizada no dia 19 de fevereiro deste ano, quando foram aprovados 37 projetos industriais estimados em R$ 782 milhões, com geração de 1 mil vagas no mercado de trabalho, no período de até três anos.

 

Fonte: Secom