Pré-candidatura de Adail Filho representando Igreja Mundial abala meio evangélico no Amazonas

Por Meriane Jeffreys em 17 de junho de 2022 às 15:46 | Atualizado 17 de junho de 2022 às 15:46

Manaus — O meio evangélico está sendo balançado  nos bastidores da política no Amazonas desde o início desta semana. Na quarta-feira dia 15, o ex-prefeito de Coari, Adail Filho (Republicanos), foi escolhido pela Igreja Mundial do Poder de Deus do Apóstolo Valdomiro Santiago, para representá-la no congresso nacional. Ele é pré-candidato a deputado federal. 

Com  o anúncio realizado no auditório do Da Vinci Hotel na Zona Centro-Sul de Manaus,  o jovem político de 30 anos foi aclamado pelos 154 bispos e pastores que estão à frente de igrejas por todo o estado do Amazonas. A reunião foi mediada pelo representante nacional da Igreja Mundial do Poder de Deus, Bispo Luciano Neves.

Horas depois, um grande impacto no meio evangélico, o pastor Israel Carvalho, ex-secretário particular do pastor Jônatas Câmara presidente da Assembleia de Deus no Amazonas, jogou uma bomba no ar e disse que foi totalmente enganado pelo clero dos evangélicos, e anunciou sua pré-candidatura a deputado estadual pelo Patriota acusando inclusive lideranças pastorais de serem “melancias”. A gíria é empregada para definir um militar  cujo uniforme é verde, mas que por dentro defende propostas de esquerda cor identificada com o comunismo.

Veja vídeo