Manaus 27º
quinta-feira - 23 de junho de 2022

Covarde: Saiba quem está por trás das páginas de memes que atacam dona do CM7 e PMM

Compartilhe
Covarde: Saiba quem está por trás das páginas de memes que atacam dona do CM7 e PMM

Manaus – O vereador Rodrigo Guedes (Republicanos), conhecido por surfar em todo tipo de pauta aleatória do modo mais “forçado possível”, está por trás das páginas Corrupção Amazonense Memes (CAM) e Manauara Memes. Ambas as páginas já foram conhecidas por suas críticas ácidas e bom-humor imparcial, “zoando” com todos os políticos no início no ano de 2019. Mas próximo as eleições regionais de 2020, as páginas, sobretudo a CAM, foram sendo instrumentalizadas aos interesses do vereador Rodrigo Guedes e suas alianças políticas.

Recentemente um novo meme da CAM viralizou, mas acabou expondo por acidente o vereador Rodrigo Guedes, que deu ordem para o meme viralizar. Confira o momento em que ele aparece por acidente no vídeo:

Apesar de ter aparecido na postagem, os alvos do ataque foram o presidente do SINETRAM, que enfrenta o cenário da transição da troca de máquinas leitores de carteirinhas de ônibus no transporte público e que tem deixando os usuários na mão, gerando dores de cabeça como engarrafamentos e atrasos no trabalho. A questão já foi parar na Justiça, nas mãos da juíza Maria Eunice Torres do Nascimento. Ainda assim, o vereador Rodrigo Guedes tenta sequestrar a pauta para si com denúncia encaminhada ao Ministério Público.

A Corrupção no Gabinete dos Memes

Hoje, a CAM redireciona sua artilharia de memes, financiada por dinheiro público do gabinete do vereador Rodrigo Guedes, para alvos específicos. Já Guedes, nunca apareceu como alvo de críticas humorísticas da página, afinal de contas, é ele quem dita o conteúdo e redireciona os “canhões” dos alvos das piadas seja para retaliação de adversários ou promoção de imagem de figuras ao qual almeja ser aliado.

“Poupando” velhos políticos, cooptando novas lideranças

Ao mesmo tempo, a página menciona pouca ou nenhuma sátira contra Arthur Virgílio, padrinho político de Guedes, e faz propaganda descarada para Amazonino, usando menções “geek” e “cool”, vendendo o velho político como “mestre” do “jovem padawan” Amon Mandel, contra o “sistema”. A estratégia é uma tentativa desesperada de Guedes de tentar se aproximar do jovem Amom após tê-lo usado para se promover no caso do “Cotão”. Por outro lado, Rodrigo Guedes também tenta se vincular à figura de Amazonino Mendes, visto que seu antigo padrinho Arthur Virgílio, já se encontra com a imagem desgastada e sem força política.

Ataques contra o Portal CM7 e a prefeitura de Manaus

Em 2022, a página Corrupção Amazonense Memes redirecionou sua artilharia para alvos muito específicos, como a CEO do Portal e TV CM7 Brasil Cileide Moussallem e a prefeitura de Manaus, como o prefeito David Almeida e os secretários municipais.

A razão tem sido exatamente porque o portal sem sido o único a expor a origem da entrada de Guedes na política, sua ligação com Arthur Virgílio, e seu enriquecimento repentino ligado à empresa Mamute, que pertence ao seu primo. Além disso, também é denunciado o modo como o vereador parasita e sequestra pautas aleatoriamente e atribui a si mesmo como “autor da solução do problema”, agindo por pura publicidade e ganho de capital político, enquanto a solução normalmente parte de outro agente ou instituição, muitas vezes alvos de ataques do próprio vereador e de suas múltiplas páginas de memes.

 

Deixe seu comentário