Os profissionais do magistério que integram as redes estadual e municipal de ensino têm dois compromissos marcados para esta quarta-feira (08/04). Isso porque, a partir das 11h, a TV Encontro das Águas transmitirá, nos canais 2.2, 2.3 e 2.4, programação exclusiva aos educadores que integram o corpo docente do projeto “Aula em Casa”, regime especial de aulas não presenciais.

A primeira a ir ao ar, ao vivo, será a segunda edição da “Sala do Professor”. O quadro, que teve sua estreia na última semana, com a presença do secretário de Estado de Educação e Desporto em exercício, Luis Fabian Barbosa, tem como objetivo orientar profissionais do magistério para o “Aula em Casa”.

Desta vez, a roda de conversa terá como tema o “Desconforto emocional em períodos de isolamento” e contará com a presença da psicóloga e coordenadora do Centro de Apoio Educacional Específico (Caesp) da Escola Estadual Mayara Redman, Adriana Magalhães.

Professores e público no geral podem interagir no bate-papo por meio do Facebook, YouTube e aplicativo “Mano”. A segunda “Sala do Professor” terá duração de 40 minutos.

Diálogos Formativos – Fruto da parceria entre a Secretaria de Estado de Educação e Desporto e a Secretaria Municipal de Educação (Semed-Manaus), a roda de conversa “Diálogos Formativos” terá sua estreia ao meio-dia, nos canais 2.2, 2.3, 2.4, e às 16h10, no 2.5. Com o tema “Combatendo as fake news”, a atividade busca orientar os professores sobre como agir para desenvolver o senso crítico dos estudantes a respeito de notícias falsas, mentirosas e boatos. Novamente, o público poderá enviar dúvidas e perguntas pelo Facebook, YouTube e aplicativo “Mano”.

O bate-papo contará com a presença de três convidados. São eles: a professora doutora Edilene Mafra, que deve mediar a discussão; o professor doutor Manoel Jeffreys; e a jornalista e subsecretária da Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom), Alita Falcão.

De acordo com a diretora do Centro de Formação Profissional Padre José Anchieta (Cepan), Ana Lucena, especialistas discutirão temáticas voltadas à singularidade da formação de professores no contexto local.

“Considerando o momento mundial, a proposta é estabelecer com os educadores o diálogo sobre os desafios e possibilidades da prática pedagógica nesse período em que vigora o regime especial de aulas não presenciais aos estudantes das redes estadual e municipal, que acompanham as aulas transmitidas pelo Cemeam”, disse.

A professora Rita Esther de Luna, chefe da Divisão de Desenvolvimento dos Profissionais do Magistério (DDPM), explica que as ações integradas entre as duas secretarias são um marco para a Educação.

“A princípio, essa união surgiu da necessidade de pensarmos possibilidades para a formação de professores no contexto da pandemia da Covid-19. Entretanto, trabalhamos para que essa parceria avance e se expanda para uma política pública integrada de formação de professores, que contemple as múltiplas realidades e necessidades das duas secretarias de Educação”, afirmou.