Brasil – Nesta terça-feira, 10, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a proibição da venda de lotes de chocolate em barra, além do recolhimento de um lote de água mineral e de três lotes de queijo mussarela. Com a medida, a agência proibiu a comercialização dos produtos afetados em todo o território nacional.

Segundo o Diário Oficial da União, a agência comunicou a proibição de 4 lotes do chocolate “Barra de Confeiteiro ao Leite” da marca Bel. A empresa ZD Alimentos S.A., responsável pelo produto, informou à agência que já encaminhou o comunicado de recolhimento voluntário do produto após verificar a presença de filamentos metálicos (mistura de metal com um polímero de ligação) em alguns lotes do chocolate.

Água mineral contaminada

A Anvisa também exigiu o recolhimento do lote 1702 da água mineral natural da marca Santa Rita do Sapucaí. Segundo a agência, a água apresentou resultado insatisfatório para Pseudomonas aeruginosa, uma bactéria que pode causar infecções.

A água é fabricada pela empresa Fonte Azul indústria, Comércio e Empreendimentos Imobiliários Ltda.. O lote 1702 proibido pela Anvisa tem data de fabricação no dia 13 de setembro de 2017 e validade em 13 de setembro de 2018.

Queijos com bactérias nocivas

Já a indústria de Laticínios Santa Tereza Eirel terá de recolher três lotes de diferentes produtos após constatar a presença da bactéria Listeria monocytogenes, que pode causar doenças em seres humanos. O comunicado de recolhimento foi emitido pela própria fabricante.

Veja abaixo os produtos proibidos para a venda:

Queijo Mussarela Fatiado
Lote: 065/8
Fabricação: 8/3/2018
Validade: 8/5/2018

Queijo Mussarela Fatiado
Lote: 066/8
Fabricação: 9/3/2018
Validade: 9/5/2018

Queijo Mussarela (peça)
Lote: 053/5
Fabricação: 22/2/2018
Validade: 22/6/2018

A Anvisa informou que as empresas devem “promover o recolhimento dos estoques existentes no mercado referentes aos lotes citados.”