Manaus (AM) – Lotado no 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), a autoridade Sargento Salazar, pode ser preso a qualquer momento após responder nesta segunda-feira (9) à Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) por ter atirado contra um assaltante e matado o infrator que tentava empreender fuga após o crime. O fato aconteceu no dia 24 de junho de 2019, na avenida Max Teixeira, bairro Cidade Nova, na zona Norte da cidade.

De acordo com o Boletim de Ocorrência registrado na unidade policial, a vítima, identificada como Raimunda Figueira do Nascimento, de 51 anos, saia de um estabelecimento quando foi abordada pelo assaltante, Felipe Kevin de Oliveira Costa, que, fortemente armado, exigiu que a senhora lhe entregasse a bolsa com pertences como, dinheiro em espécie, cartões de créditos e aparelho celular.

Após efetuar o assalto, Felipe tentou fugir do local em uma motocicleta de placa PHE-3721, que também era oriunda de outros roubos já praticados pelo criminoso. Ainda durante a tentativa de fuga, o infrator foi percebido pelo Sargento Salazar que rapidamente entrou em uma perseguição contra o assaltante.

Após inúmeros pedidos para que o criminoso parasse o veículo e se apresentasse à polícia, Sargento Salazar decidiu então atirar contra Felipe que foi atingido na cabeça e morreu na hora. Agora, meses após a ocorrência, Salazar corre o risco de ser punido pela ação de defesa à cidadã que havia sido brutalmente assaltada.

O policial deve depor ainda durante esta segunda-feira (9) à Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) para esclarecer fatos, e não descarta-se a possibilidade de que o sargento possa ser preso como consequência da atitude tomada durante a oportunidade.

Assista com exclusividade ao vídeo da ação e acompanhe os detalhes da ocorrência. Nas imagens é possível ver dois homens correndo em direção a um posto de combustíveis após terem sido atropelados, um deles é o assaltante Felipe, que logo cai ao chão após ser atingido pelo policial.