VÍDEO: Adolescente morre espancado por seguranças do Habib’s - Portal CM7
 
Manaus, 16 de dezembro 25 ºC Tempestades isoladas
Mercado financeiro
DólarR$ 3,308 -0,85%
EuroR$ 3,8734 -1,7%
 
 
Home / Últimas Notícias / VÍDEO: Adolescente morre espancado por seguranças do Habib’s

VÍDEO: Adolescente morre espancado por seguranças do Habib’s

Da redação | 04/03/2017 21:22

Garoto estaria pedindo esfiha aos clientes em frente ao estabelecimento e teria levado um soco e morreu no local. 

Video revela momento em que João Victor é perseguido e arrasta…

Video revela momento em que João Victor, 13 anos, é perseguido e arrastado por gerente e supervisor do Habib's – IMAGENS FORTES por Kaique Dalapola#pontejornalismo #ponteorgEntenda o caso: http://ponte.cartacapital.com.br/jovem-morto-apos-perseguicao-de-segurancas-do-habibs-foi-amaecado-diz-pai-da-vitima/

Ponte Jornalismo 发布于 2017年3月3日

Um adolescente de 13 anos, identificado como João Victor, morreu no último domingo (26), após levar um soco no rosto dos seguranças do Habib’s, na Vila Nova Cachoeirinha, na zona norte de São Paulo, segundo familiares.

Segundo a prima do menino Aline Cardoso, João costumava frequentar a calçada em frente à lanchonete, e sempre ganhava umas moedas e sempre trazia alguma comida pra casa dele e o rapaz já havia contado a seu pai que “os caras do Habib’s tinham corrido atrás dele e estava com medo”. “Ele estava se sentindo ameaçado.”

O pai do adolescente disse que foi até o hospital ao receber a informação de que o filho tinha sido espancado por seguranças do Habib’s. Assim que chegou ao pronto-socorro foi informado da morte do adolescente.

Com a chegada da Polícia Militar ao local, uma testemunha se dirigiu aos policiais para contar o que havia visto. Os militares, no entanto, disseram que ela não poderia ser testemunha “pois era noia”. Ela não foi levada à delegacia e só prestou depoimento porque foi voluntariamente ao 28º DP, onde o caso é investigado.

O coordenador da Comissão dos Direitos da Criança e do Adolescente do Condepe, Ariel de Castro Alves, disse que “se os PMs tivessem levado a testemunha para a delegacia no dia e ela fizesse o reconhecimento, os agressores poderiam ter sido presos em flagrante”.

Outro agravante do caso, de acordo com Alves, é a demora para o início das investigações. “Os fatos ocorreram às 19h de domingo. O registro ocorreu apenas às 4h da manhã de segunda-feira. E as investigações se iniciaram só hoje [quarta-feira]”.

O coordenador ainda disse que as apurações de casos de homicídios não podem ficar paradas por causa de feriados. “Já deu tempo do Habib’s sumir com as imagens, ou editá-las”, contou.

Outro lado

Em nota, o Habib’s informou que “continua apurando os fatos da lamentável ocorrência”. A rede disse que considera as informações relatadas por seus funcionários que presenciaram o fato e os relatos registrados no Boletim de Ocorrência.

A assessoria de imprensa do Habib’s ainda disse, na nota, que acionou a polícia “assim que verificaram que a conduta do menor estava incontrolável, ameaçando o patrimônio físico da loja e dos clientes”.

“Diante do estado do jovem, imediatamente, também o resgate foi acionado. E todas as orientações, por ele passadas, foram seguidas para garantir o devido socorro ao jovem, que, infelizmente, veio a falecer a caminho do hospital”, disse a nota.

O Habib’s ainda contou que “vai cooperar com as investigações, se empenhando em esclarecer todos os detalhes do ocorrido com prioridade”.

A assessoria de imprensa da SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública de São Paulo), comandada pela empresa privada CDN Comunicação, informou que a ocorrência está sendo investigada pelo 28º DP, por meio de Inquérito Policial. A assessoria ainda informou que o caso foi registrado no 13º DP como morte suspeita, e que a polícia aguarda resultado dos laudos para confirmar a causa da morte.

{{post.date}}

 


Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA