Viagens de barco, passeios em PF e academias estão suspensas com o novo decreto

Por jornalista10 em 12 de janeiro de 2021 às 19:07 | Atualizado 12 de janeiro de 2021 às 19:12

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), suspendeu, por meio de Decreto Estadual (nº 43.277), desta terça-feira (12/1), viagens intermuncipais de passageiros em transportes fluvial e rodoviário e o funcionamento de academias de ginástica, por tempo indeterminado.

O novo decreto tem vigência pelo mesmo período do decreto anterior, que fecha o comércio não essencial.

A medida, que vale para todo o estado, acontece devido o aumento exacerbado de contaminações e mortes por Covid-19, neste pico da segunda onda da pandemia, em Manaus.

No documento, o governador afirma que “a necessidade de estabelecer novas medidas sanitárias, propostas pelo Comitê Intersetorial de Combate e Enfretamento ao Covid-19, de modo a garantir a contenção da elevação dos casos, no âmbito do Estado do Amazonas”.

Conforme consta no decreto, estão proibidas:

– as atividades de todas as academias e centros de ginástica, bem como outros estabelecimentos similares;
– os serviços de transporte fluvial e rodoviário intermunicipal de passageiros, ficando permitido o transporte de cargas;
– funcionamento das marinas, para atividades de lazer.

VEJA O DECRETO

DECRETO 12 JANEIRO 2021 _ SUSPENDENDO AS ACADEMIAS

 

Deixe seu comentário