Manaus (AM) – Após o vazamento informações a respeito de um sequestro relâmpago que ocorreu nas mediações do Tropical Executive, situado na Ponta Negra, zona Oeste da cidade, a rede de hotéis decidiu se pronunciar por meio de uma nota oficial para esclarecer que não tem qualquer responsabilidade com o ocorrido.

Confira a nota na íntegra divulgada no final da tarde desta quarta-feira (18), horas após o fato já confirmado por funcionários da área que foram feitos de reféns.

 

Entenda o caso: 

Um empresário ainda não identificado acabou sendo vítima de um sequestro relâmpado executado por uma quadrilha de 6 homens que chegaram fortemente armados com escopetas para cometer o crime. O sequestro aconteceu por volta das 13h desta quarta-feira (18), na quadra de tênis do hotel, situado na Ponta Negra, zona oeste da capital.

De acordo com informações dos funcionários do hotel, a quadrilha chegou no estabelecimento em dois carros. Quatro homens se dirigiram diretamente para a recepção do Executive e renderam todos que ali estavam presentes, já o restante da quadrilha, foi à quadra de tênis e capturaram o empresário.

Após conseguirem localizar a vítima, os criminosos fugiram rapidamente, e durante a fuga, resolveram abandonar um dos carros e deram continuidade ao plano macabro utilizando apenas um veículo.

A Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) foi rapidamente acionada, e com apoio da Ronda do Bairro, fazem buscas por toda a cidade de Manaus. Qualquer informação sobre os suspeitos pode ser relatada para o 190 ou 181.