Brasil – Na tarde da última quinta-feira (12), uma mulher identificada como Renata Augusta Amaral Firme, foi brutalmente morta a facadas pelo marido em frente ao filho do casal, uma criança de apenas 9 anos, em Vitória, no Espirito Santo.

De acordo com informações de vizinhos, foram ouvidos gritos da criança durante uma briga do casal, que acabou em tragédia. Supostamente, a moça queria o divórcio, mas o homem não aceitava.

O assassino, identificado como José Guilherme Firme, de 56 anos, matou a companheira com seis facadas e depois se jogou do sexto andar do prédio em que moravam.

Informações dão conta de que o homem sofria de depressão e recentemente foi diagnosticado com câncer.

Os vizinhos, que ouviam o impacto do corpo no solo, socorreram a criança e a entregaram para a avó materna.

O caso seguirá sob investigação da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Mulher (DHPM).