Manaus – Segundo informações de uma funcionária da empresa Call Tecnologia, entidade de call center, terceirizada da concessionaria de energia da capital amazonense, Amazonas Energia, alguns superiores estão mantendo relações com outras funcionárias da empresa.

De acordo com o vídeo enviado pela denunciante, um dos supervisores identificado como José Chain, foi pego mantendo relações com a funcionária dentro do ambiente de trabalho.

Ainda segundo a funcionária, tais mulheres envolvidas com os supervisores não recebem advertências ou medidas disciplinares, “as medidas disciplinares só são aplicadas as meninas que não tem relações com eles”, diz a mulher. Além dos problemas na equipe, alguns procedimentos estão sendo feitos de maneira errada, como por exemplo, parcelamentos incorretos que estão prejudicando os clientes, completa a denunciante.

Em sua declaração, a funcionária que realizou a denúncia conta sobre os acontecimentos dentro da empresa. “Existe um sofá em que as meninas alegam ter ‘contato’ mais próximo, e ainda uma sala que era para ser usada somente por superiores, mas alguns encontros ocorrem lá também. O monitor Leoni, sempre coloca como excelente o atendimento das meninas com quem se envolve. Os superiores estão cientes de tudo e sempre encobrem, existe um medo por parte das operadoras que não estão envolvidas nisso, pois algumas tentaram denunciar e acabaram pegando a conta.  Já recebemos diversas reclamações de clientes, referentes a procedimentos que foram feitos de maneira errada, comunicamos ao superior, que deixou de lado, causando assim uma revolta do cliente com a Amazonas Energia”, diz  a mulher.

         

Fonte Portal do Generoso