Wilker Barreto reafirma compromisso com policiais civis

O candidato ao governo, Wilker Barreto, reafirmou seu compromisso com policiais civis, na manhã de quinta-feira (27), durante entrevista concedida ao Sindicato dos Escrivães e Investigadores da Polícia Civil do Estado do Amazonas (Sindeipol). Segundo Barreto, é impossível combater o crime sem que os direitos das categorias que atuam na segurança do Estado não sejam antes respeitados.

“Quando você cumpre com a categoria, a satisfação é devolvida em serviço. Quando o profissional trabalha motivado, quem ganha é a população. Vou fazer cumprir a lei. Hoje temos um governo que sequer paga as data-bases de categorias fundamentais como segurança, educação e saúde”, disse.

Para o candidato, o Estado precisa perder imediatamente a fama de caloteiro e, para isso, precisa de uma gestão que realinhe alguns contratos e acabe com o superfaturamento em outros. “Segurança e saúde são prioridades. São áreas que mexem com vidas. Nós perdemos vidas se elas são negligenciadas”, afirmou.

Barreto mostrou, ainda, indignação com o corte dos R $220 de ticket alimentação da categoria. “Quer dizer que o grande problema do orçamento estadual são esses R$220? Quando o Estado não faz o dever de casa, ele penaliza o servidor e ainda aumenta os impostos”.

Quanto às promessas de pagamentos e aumentos não cumpridos pelo governo estadual, Barreto disse que defende a transparência na gestão. “Além de não dar o aumento, não jogam limpo. Escondem os números. Dizem que as contas estão quebradas, mas ao vermos números vemos dinheiro aqui e ali. Se não pode pagar um, não pode para nenhum contrato absurdo também”.

ver mais notícias