Primeira-dama de Manaus participa da VII Conferência Nacional de primeiras-damas em SP

A primeira-dama de Manaus e presidente do Fundo Manaus Solidária (FMS), Elisabeth Valeiko, participa hoje (10/08), em São Paulo, do I Conferência Nacional de Prefeitas e Governadoras e VII Conferência Nacional de Primeiras-Damas. Organizado pela Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (FEMAMA), o evento vai acontecer no hotel The Capital São Paulo Itaim, e vai contar com primeiras-damas de diversos municípios brasileiros.

O evento irá reunir, durante todo o dia de hoje, especialistas em câncer de mama que farão abordagens sobre o empoderamento feminino, saúde, economia; o custo social do câncer; a lei de acesso, diagnóstico e tratamento contra a doença, além de relatos de mulheres que enfrentaram a doença e que se tornaram ativistas no movimento de diagnóstico e cura do câncer de mama.

Na oportunidade, as primeiras-damas e as lideranças femininas que desenvolvem atividades relacionadas ao câncer de mama de cada município do País irão apresentar algumas das principais ações desenvolvidas em prol da saúde da mulher. Após a troca de experiências e informações haverá uma oficina com médicos e especialistas que irão auxiliar na formatação ou melhoria dos programas já em uso nos diversos estados.

Ao final do evento será formalizada uma carta de intenções com ações que devem ser implementadas em cada cidade brasileira, de acordo com as características de cada uma. Para a primeira-dama, Elisabeth Valeiko, participar deste evento lhe garantirá ainda mais subsídios para implementar as ações sociais previstas no Fundo Manaus Solidária.

“Vejo este evento como mais uma possibilidade de aprender mais sobre o câncer, sobre a importância do diagnóstico precoce, sobre o acesso ao tratamento e sobre tantas outras questões que envolvem uma pessoa com esta doença. Acompanhei muito de perto o que é ter uma pessoa com câncer, o meu marido teve câncer, e sei o quanto isso mexe com a família como um todo. Minha intenção é falar sobre o que Manaus já possui no combate a esta doença, mas sobretudo, obter mais conhecimento sobre boas e eficientes práticas para implementá-las, dentro da nossa realidade e por meio do Fundo Manaus Solidária, em Manaus”, disse.

ver mais notícias