Prefeito de Manacapuru 'Beto D´Ângelo' beneficia amigos em contratos suspeitos

O município de Manacapuru, localizado da região metropolitana de Manaus, tem sofrido com as graves “brincadeiras” com o dinheiro público. Uma dessas brincadeiras é um contrato firmado com a em presa Tsubasa Fornecimento de Alimentos LTDA. Segundo o Diário Oficial do Estado, no extrato 002/2017, a prefeitura de Manacapuru, pagou R$ 661.005,00 para o fornecimento de marmitas para o hospital da cidade pelo período de três meses, em dispensa de licitação.

Dotação
Ainda segundo o Diário Oficial, foi feita uma dotação no qual a empresa foi escolhida para prestar o serviço pois seu produto é compatível com os valores de mercado, sem mencionar quais valores são esses, sendo que, marmita pode custar entre R$ 8,00 e R$ 15, dependendo da qualidade e quantidade. 
O solitário
 
O Prefeito de Manacapuru Betanael da Silva D´Ângelo, é o único prefeito do Pros, partido do governador cassado, José Melo. D’Ângelo teve total apoio do ex-governador, inclusive estaria enfrentando fortes problemas nos bastidores por ser o único remanescente da base aliada de Melo.
 
Compra de votos
 
O Tribunal Regional Eleitoral (TRE), em maio deste ano acatou uma denuncia de esquema de compra de votos em comunidades rurais durante as eleições de 2016 em Manacapuru.
Beto D´Ângelo que ficou em quarto lugar na apuração dos votos na sede do município, venceu as eleições com os votos das comunidades rurais, onde até mesmo urnas sem aferições foram encontradas.
Na epoca, a juíza eleitoral de Manacapuru, Vanessa Leite, não aceitou os recursos dos demais candidatos contra a diplomação de Beto D’angelo, levando o processo assim para o TRE, que agora tem todos os requisitos para uma cassação unânime.
 
Fonte Blog do Hiel Levi
ver mais notícias