Denúncia: Bebês mortos estão sendo congelados como se fossem alimentos em maternidade de Manaus

Na última terça (12), o portal Imediato Online divulgou uma matéria bombástica na qual denunciava que bebês mortos da Maternidade Balbina Mestrinho, localizada na Av. Duque de Caxias, 112 – Praça 14 de Janeiro, zona sul de Manaus, estavam sendo mantidos congelados em um freezer de cozinha.

“As crianças são armazenadas como se fossem alimentos”. Esse é o desabafo de um artista plástico de 61 anos após descobrir que o bebê de sua sobrinha, que acabara de falecer durante o parto, tinha sido guardado em uma gaveta, num freezer de cozinha, numa pequena sala ao fundo da Maternidade Balbina Mestrinho, aparentemente um necrotério.

Segundo ele, a cena o deixou em estado de choque. “Não era só o filho de minha sobrinha, nas outras gavetas tinham outras crianças”, ele conta que não teve dificuldade alguma de acessar o local, nos fundos da unidade hospitalar.

“Decidi denunciar, pois ninguém quer ver um familiar seu, num momento de dor como este, sendo tratado desta forma” explicou ele ao entregar as IMAGENS CHOCANTES à equipe do IMEDIATO. Pelas imagens é possível identificar que o registro foi realizado no último dia 2 de setembro.

As imagens são impressionantes. Só acesse se você não for sensível ao tema.

 

Com informações do No Amazonas É Assim https://noamazonaseassim.com.br/denuncia-bebes-estao-sendo-congelados-como-se-fossem-alimentos-em-uma-maternidade-de-manaus/
ver mais notícias