Meningite - Topo Postagem

40 mil moradores de Manacapuru receberam Amazonino Mendes em uma “micareta fora de época”

Aproximadamente 40 mil moradores de Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus) transformaram as principais ruas do município em uma “micareta fora de época”, durante a gigantesca carreata do candidato Amazonino Mendes (PDT), na noite desta sexta-feira (4). A cidade realizou a maior manifestação política da história para pedir a volta do ex-governador Amazonino.
A carreata, para o encerramento da campanha no primeiro turno, foi transformada pelos moradores em uma passeata, num verdadeiro mar de pessoas. Os manacapuruenses, em motocicletas, carros e caminhões, gritavam e declaravam apoio ao líder da coligação “Movimento pela reconstrução do Amazonas”, com o “Volta, Negão”.
Crianças, jovens, idosos, trabalhadores e líderes de movimentos de luta, caminharam, em um percurso de mais de sete quilômetros, pelos bairros Terra Preta, São José e Centro, ao lado de Amazonino. O simples gesto de um aperto de mão e a pausa para uma selfie, se repetiram durante todo o trajeto.
Segundo o prefeito de Manacapuru, Beto D’ângelo (Pros), a manifestação é um reconhecimento pelas realizações do ex-governador Amazonino Mendes na cidade.
“Manacapuru costuma eleger os governadores e hoje demonstrou que vai eleger o Amazonino. É uma forma, um carinho, e um clamor pela volta dele ao governo do Estado. Manacapuru precisa caminhar ao lado de um governador, e nada melhor, que Amazonino Mendes, que tem toda a experiência, capacidade de trabalho e equilíbrio para comandar o Estado”, comentou o prefeito.
Durante a carreata-caminhada, Amazonino estava acompanhado do prefeito Beto D’ângelo, do senador Omar Aziz, dos deputados federais Pauderney Avelino (DEM), Hissa Abrahão (PDT), e dos deputados estaduais Adjuto Afonso (PDT), Sidney Leite (Pros), Josué Neto (PSD), Carlos Alberto (PRB) e Dermilson Chagas (PEN).

ver mais notícias