Estados Unidos – Um soldado do Exército dos EUA está sendo acusado de fornecer informações sigilosas sobre tropas americanas estacionadas no exterior para a Ordem dos Nove Ângulos, um grupo neonazista satânico, com sede na Europa. A informação foi dada por autoridades policiais e militares à emissora americana “NBC News”, e deve ser divulgada oficialmente nesta segunda-feira.

O Southern Poverty Law Center (organização de advocacia legal sem fins lucrativos dos Estados Unidos, especializada em direitos civis e litígios de interesse público) descreve a Ordem dos Nove Ângulos (O9A) como “um enigmático grupo oculto satânico”. Seus seguidores mais extremos “promovem o sacrifício humano, o nazismo e o fascismo e os mitos arianos, e foram relatados elogiando Adolf Hitler e Osama bin Laden”. Legisladores britânicos já pediram que o grupo, fundado no Reino Unido, seja declarado ilegal lá.

O Hope Not Hate (grupo de advocacia sediado no Reino Unido, que campanha contra o racismo e o fascismo), em seu relatório anual, citou o O9A como uma grande influência sobre os grupos terroristas nazistas, tanto nos Estados Unidos quanto na Europa.

O grupo defende o “abate” – o extermínio ou redução radical – de todas as raças supostamente inferiores e a colonização do Sistema Solar. Os três volumes do Livro Negro de Satanás do 09A são considerados tão extremos que são mantidos em uma seção especial da biblioteca britânica e não estão disponíveis ao público em geral, de acordo com o Hope Not Hate.

Fonte: Extra.com