Manaus – O ex-prefeito de Coari, Adail Pinheiro (PRP), voltou a ser chamado de pedófilo ao ter seu caso relembrado na série Bandidos na TV que relata o caso do ex-deputado Wallace Souza exibido na Netflix. Adail foi condenado a pena de  57 anos de prisão pela Polícia Federal do Amazonas (PF/AM) por desvios de recursos públicos, lavagem de dinheiro além de fazer parte de uma rede de exploração sexual infantil em Coari (363 quilômetros de Manaus).

Assista ao trecho em que a condenação de Adail é relembrada na série:

Confira o as manchetes polêmicas envolvendo o ex-prefeito de Coari: