CM7

 
Manaus, 24 de outubro
Mercado financeiro
Dólar
Euro
 
 
Home / Será mesmo o fim do jornal de papel na Câmara?

Será mesmo o fim do jornal de papel na Câmara?

Da redação | 19/02/2016 21:21

Atrás da obtenção do selo ambiental da ISO 14.001, a Câmara Municipal de Manaus (CMM) está em vias de tomar uma medida que pode decretar o fim de um velho modo de se ter acesso a informações.

O Poder pretende substituir as assinaturas dos jornais de papel pelo login pago e ter acesso na internet ao mesmo conteúdo por meio da versão digital do impresso.

A ideia é diminuir a produção de resíduos na Casa, já que há uma estimativa de que todas as assinaturas de jornais que a Câmara faz para manter seus 41 vereadores, diretores e assessores informados, por meio dos matutinos, produzem um volume de papéis de cerca de 15 toneladas/ano.

Pelo cronograma da CMM, os jornais devem sair de circulação na Casa a partir do dia 1º de março.

Entre os diretores da Câmara há certa empolgação com o fim do jornal de papel. Eles acham que isso deve representar economia de recursos, assim como ocorreu no ano passado, com o corte de compras de papéis para ofícios e memorandos, que representou uma contenção de despesa de quase R$ 300 mil.

Fonte Portal BNC

Voltar Avançar
Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA