Manaus- A Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), por meio da Secretaria Executiva Adjunta de Política Agrícola, Pecuária e Florestal (Seapaf), divulga, nesta segunda-feira (01/06), a tabela de preços dos produtos usados na produção rural do estado do Amazonas.

Nela, constam os principais produtos com valores de referência, das principais casas de produtos agropecuários, para que os produtores tenham conhecimento dos melhores preços antes de investirem em sua produção.

É a primeira vez que esta tabela é divulgada para quem trabalha nas atividades agrícola, pecuária e florestal. Valores de materiais e equipamentos, fertilizantes, serraria, avicultura, entre outros, podem ser encontrados.

Para o secretário executivo da Seapaf, Airton Schneider, o boletim será uma grande ajuda para o produtor e o orientará na aquisição de material para trabalhar na produção.

“Este boletim terá os dados com informações referentes aos produtos utilizados e com os parâmetros de unidade e preços mínimo, máximo e a média de cada um. Para nós é uma grande contribuição que os profissionais adotaram no levantamento e a ideia é passar essa informação através do site da Sepror e nas redes sociais”, disse o secretário executivo.

O material, dividido em onze partes, detalha os valores unitários dos mais variados tipos de produtos, dentre eles, estão: vermífugos injetáveis, kit de lira, pá e mexedor, calcário, óleo de andiroba, açaí 9%, sólidos solúveis, cacau seco, sementes, mudas, tratores, moto serras, formicidas, adubo orgânico e vários outros produtos de grande importância na hora de produzir.

Segundo Schneider, a tabela continuará sendo feita pelos próximos meses, para que os produtores possam até mesmo comparar na hora de comprar seus materiais.

“Nós vamos aperfeiçoar, com certeza, mas para nós é uma grande alegria apresentar ao público, que são os agricultores, pecuaristas e exploradores da área florestal, esse boletim que consta, na especificidade, os instrumentos, máquinas e equipamentos com as cotações específicas para eles terem noções e parâmetros quando forem fazer a aquisição ou investimento”, esclareceu Schneider.

O levantamento foi realizado em Manaus e em alguns municípios do interior, onde ficam as grandes casas agropecuárias e comércios ligados à cotação. Tem como referência os valores do mês de maio deste ano.

O produtor que desejar mais informações sobre a tabela, bem como de onde encontrar os fornecedores pode enviar um e-mail para a Seapaf (sepror.seapaf@gmail.com) ou entrar em contato pelo telefone (92) 99141-7054.

Para conferir a tabela com os valores, clique no link disponível no site da Sepror (www.sepror.am.gov.br).

Tags: ,