Manaus (AM) – O  sargento Salazar, envolvido em várias polêmicas, mas sempre por agir e defender o inocente e de forma rígida prender e se necessário atirar em assaltantes, bandido e estupradores. Esse é o motivo pelo qual muitos moradores da zona Norte de Manaus depositam toda confiança no sargento.

Em um dos casos em que o nome do sargento aparece, refere-se a um assaltante que foi alvejado com vários tiros na da cabeça. Nas imagens do circuito de segurança de uma residência, um homem aparece correndo e atirando contra um veículo de cor branca onde estavam os assaltantes, o fato teria acontecido a noite, por volta das 20h30 do dia 26 de março de 2020.

Os bandidos estariam utilizando um carro de aplicativo para resgatar assaltantes que haviam realizado diversos roubos na avenida Max Teixeira, zona Norte da capital.

As informações repassadas pelos policiais é de que o homem morto, supostamente pelo Sargento Salazar, é o mesmo que esfaqueou e quase matou um outro sargento da Polícia Militar, durante um assalto a um transporte coletivo.

Alexandre Silva Salazar, 37 anos, desde então passou a ser visto por algumas pessoas como herói. No entanto, o debate entorno do seu nome só aumenta a sua popularidade. E a confiança dos moradores do bairro em que ele atua como policial.

Salazar colocou seu nome disposição da população pra disputar a eleição 2020 como vereador da cidade de Manaus.