No Jornal do SBT , em rede nacional, foi exibido uma matéria citando um valor pelo qual as cápsulas utilizadas no tratamento de coronavírus em Manaus estariam sido vendidas.

O Grupo Samel vem a público informar que todo o protocolo de ventilação não invasiva criado por médicos e fisioterapeutas do corpo médico do Grupo Samel em parceria com o Instituto Transire foi criado para ser desenvolvido e disponibilizado totalmente sem fins lucrativos.

Através da “patente quebrada” qualquer empresa, instituição ou pessoa pode construir o modelo da cápsula passo a passo , exatamente igual a utilizada por profissionais de saúde em Manaus.

O custo de uma cápsula de pressão negativa é de menos de R$ 500,00 (quinhentos reais). Porém, esse valor não é repassado para os hospitais públicos que precisam do tratamento. Todo o equipamento necessário para montagem da cápsula Vanessa, além de todo o transporte do material e treinamento de profissionais são doados pelo Grupo Samel.

Essa é a proposta do fundador do Grupo Samel, Dr. Luiz Fernando Nicolau: levar a possibilidade de tratamento à todos que precisarem para o combate ao novo coronavírus.

O método tem mostrado resultados positivos no Hospital Samel e no Hospital de Campanha Municipal Gilberto Novaes onde são amplamente utilizados em Manaus.

“O compromisso está mantido, vamos levar o tratamento adequado através da cápsula Vanessa a quem precisar”, ressalta o Presidente do grupo, Luis Alberto Nicolau que está conseguindo levar o método de ventilação não invasiva para várias cidades do Brasil e do exterior de forma totalmente gratuita.