"Quero continuar indo à feira da Panair" defende Senador Plínio Valério durante sessão no senado; veja vídeo
Manaus - Amazonas - 15:58
21 de Julho de 2019

C/S PI 5577 - EFTIVAÇÃO DE MIDIA/BANNER / CAMPANHA NOVAS MEDIDAS - FASE I / SECOM / PORTAL CM7


“Quero continuar indo à feira da Panair” defende Senador Plínio Valério durante sessão no senado; veja vídeo



Brasília – Surpreso com a possibilidade de o PSDB formalizar um bloco de atuação no Senado com o PSL do presidente Jair Bolsonaro, o senador Plínio Valério (PSDB-AM) reagiu hoje de forma contundente e avisou que discordou em reunião da bancada, na última terça-feira, e continuará discordando mesmo que isso venha a acontecer. O senador tucano apoia a formação do bloco com o Podemos, do senador Álvaro Dias (PR), mas com o partido do governo, diz, seria carregar um carimbo no peito como integrante da base do governo. Na reunião da última terça-feira ele e outros senadores novatos se posicionaram contra a proposta de formação de bloco com o PSL.

_ Disse isso nas reuniões e continuo dizendo: coligar com o PSL é carimbar apoio ao governo como “ base”. Como Senador, vou apoiar as propostas enviadas pelo presidente Jair Bolsonaro sempre que for bom para a República. Ponto.  Plínio lembra que o PSDB pagou caro nas urnas a decisão de integrar a base de apoio do ex-presidente Michel Temer e não pode repetir esse erro em um momento de renovação e em que ele chegou ao Senado justamente por sua posição independente.

_ Não concordo e acho que o PSDB, apesar da demonstração que deu na eleição do Senado mostrando o voto, forçando a renúncia de Renan Calheiros e apoiando a vitória de Davi Alcolumbre para a presidência do Senado, não consegue se libertar do DNA que caracterizou o partido até aqui. Lembrando o grande jogador de futebol Dario Maravilha : “ Fiz que fui mas não fui e acabei fondo” _ diz Plínio Valério.
Ele lembra que foi eleito por sua postura independente e reafirma que seu mandato se pautará por essa posição, mesmo que tenha que discordar da orientação partidária.

 

Deixe seu like:

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA