São Paulo – O presidente-executivo da companhia aérea Gol afirmou, em conferência online na tarde de ontem (24), que o governo federal poderá comprar R$ 100 milhões em passagens aéreas. 

Segundo Paulo Kakinoff, a iniciativa busca ajudar a empresa a atravessar a crise causada pela pandemia do novo coronavírus. Ele afirmou, ainda, que o BNDES deverá concluir um pacote de apoio financeiro de R$ 2 bilhões até a próxima semana. 

“A companhia está preparada para superar uma pandemia. Temos liderança em grandes aeroportos, como Guarulhos, Congonhas, Galeão, Santos Dumont e Salvador. Isso nos dá uma vantagem competitiva na fase de recuperação do mercado ”, disse Kakinoff.

Fonte: Jbr