Manaus – Atenta às demandas da população e dando continuidade às ações para manter o equilíbrio do Sistema de Transporte Coletivo, a Prefeitura de Manaus está realizando fiscalizações surpresas nas garagens das empresas concessionárias para verificar as condições dos ônibus. O trabalho coordenado pelo Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) teve início na noite da última segunda-feira (22), na empresa Global, que fica na zona Leste, e seguirá pelo pátio das nove concessionárias.

“Nossa atuação será ainda mais rigorosa, seguindo a determinação do prefeito Arthur Virgílio Neto, que prioriza a qualidade e respeito no atendimento aos usuários de ônibus”, destacou o diretor-presidente do IMMU, Francisco Bezerra, ressaltando que, como já anunciado pelo prefeito, foram adquiridos novos ônibus e que serão incorporados no sistema ainda este ano. 

As fiscalizações do IMMU foram retomadas após o pico da pandemia do novo coronavírus em Manaus. Na Global, que possui frota com 118 veículos, os fiscais constataram 77 ônibus com problemas, como pneus desgastados e fora de prazo pára-brisas trincados, falta de assentos ou assentos quebrados e falha de manutenção na lanternagem. Todos os ônibus foram identificados e a empresa terá 15 dias corridos para fazer os reparos.

“Caso não consiga recuperar, o IMMU vai determinar que ônibus de outras empresas do sistema, em condições de atender, passem a operar nas linhas da Global. Somente após a empresa apresentar ônibus novos poderá retornar a operar”, explicou Francisco Bezerra.

Fonte: Semcom

Tags: , , , , ,