DENÚNCIA- N semana passada recebemos várias denúncias de compra de votos e uso da máquina pública para pré-campanha eleitora da secretária da sejusc, Caroline Braz, foi citada em grupos de whatssap inclusive com prints em que estagiários estão fazendo enquetes com seus familiares cogitando a possível candidatura da secretária ao cargo de prefeita da cidade. Um dos membros disse “Vamos votar nessa enquete para prefeito, votem na Carol Bráz, pediam nos grupos”.

Agora a secretária enviou cestas básica para um grupo no Residencial Viver Melhor. Uma reunião comandada por líder comunitário, com cadeiras, microfones e um pequeno apelo de marketing de distribuição de cestas básicas. Nitidamente crime eleitoral. 

Veja o vídeo:

A visibilidade e a aproximação de Caroline Bráz, que é defensora pública e está licenciada para ser secretaria estadual de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), se deu pela indicação do vice-governador Carlos Almeida que também é defensor público. Sua notoriedade vem tomando espaço e suas aparições estão evidentes no ano político, sobretudo com a evolução da pandemia coronavírus covid-19 na capital Amazonense.

Carol já declarou publicamente que será candidata a prefeitura de Manaus e descaradamente faz distribuição de cestas básica nos bairros de Manaus. CRIME ELEITORAL

Crime eleitoral: secretária Caroline Braz usa máquina do governo pra fazer campanha

Tags: , ,