Manaus – Durante o pronunciamento do vereador Rosivaldo Cordovil (PSDB), o parlamentar destacou a ligação que recebeu dos trabalhadores da categoria dos Vanzeiros, informando que estão reunidos na avenida do Samba, onde se direcionarão à Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados e Contratados do Amazonas (Arsepam), com o objetivo de fazer um apelo ao Governo do Estado do Amazonas, para continuarem trabalhando, pois segundo eles, estão com dificuldades de trabalhar e atender as demandas da cidade, no serviço de transporte de turismo.

Considerando o Decreto do Governo do Estado, que permite somente transportar 50% de passageiros em viagem, o parlamentar informou que estes trabalhadores estão com carros parados, por estarem impossibilitados de realizar o transporte de turismo, e estão tendo sérios prejuízos financeiros. O parlamentar ressaltou ainda que essa categoria do transporte, assim como a categoria do transporte de fretamento eventual, foram os mais prejudicados durante a pandemia, pois ficaram impossibilitados de trabalhar, por não serem considerados serviço essencial. E durante esses quatro meses passaram dificuldades, pois ficaram sem poder sustentar suas famílias.

“Essas pessoas precisam trabalhar, sustentar suas famílias, e durante a pandemia foram uma das categorias mais prejudicadas. E mesmo após diminuir o pico de pandemia, só podem transportar 50% dos passageiros.”, destacou o parlamentar, na ocasião sugeriu o aumento da capacidade de passageiros para no mínimo 70% durante a viagem remunerada.

Com informações da Assessoria