Vereador do PT passa por cima de mulher com carro e é indiciado por tentativa de feminicídio

Por Letícia Souza em 30 de novembro de 2021 às 16:52 | Atualizado 30 de novembro de 2021 às 16:52

Brasil — O vereador petista Ronivaldo Maia (PT-CE), de Fortaleza, foi preso nesta terça-feira (29), após atropelar e arrastar uma mulher com seu carro.  

De acordo com informações repassadas pela imprensa, a vítima era amante do parlamentar. Ele foi autuado em flagrante por tentativa de feminicídio.

Ronivaldo Maia foi ao encontro da mulher na tarde de ontem, para pedir que ela pagasse um boleto no valor de R$ 1,6 mil reais. A mulher recusou-se, o que gerou uma discussão. O parlamentar passou com o carro por cima da vítima, que sofreu diversas escoriações e levou o caso à Delegacia da Mulher.

A Polícia Civil do Ceará prendeu o parlamentar na noite de ontem. Ele será investigado por tentativa de homicídio com agravante de feminicídio e violência doméstica. Em nota, o gabinete de Ronivaldo afirma que ele “luta pelos direitos das mulheres”. Parece, piada, mas não é.

Leia nota:

“A assessoria de imprensa do vereador de Fortaleza Ronivaldo Maia (PT-CE) tomou conhecimento, na noite desta segunda-feira (29/11), da detenção do parlamentar. Ao longo de sua trajetória, o vereador carrega em uma de suas principais bandeiras a defesa da mulher. Lembramos que o parlamentar luta pelos direitos das mulheres, em especial nas que sofrem violência doméstica. Tendo inclusive diversos projetos de lei nesse sentido”, disse trecho da nota.