Manaus 35º
sexta-feira - 4 de fevereiro de 2022

Valorização dos professores: Bolsonaro desmente esquerda sobre falta de verba e assina aumento salarial de 33,2%

Compartilhe
Valorização dos professores: Bolsonaro desmente esquerda sobre falta de verba e assina aumento salarial de 33,2%

Brasil – O presidente Jair Bolsonaro (PL) participou nesta sexta-feira (4/2) da solenidade de assinatura da portaria que estabelece o novo valor do Piso Salarial Profissional Nacional para os Profissionais do Magistério Público da Educação Básica (PSPN), ocorrida no Palácio do Planalto. O piso em 2022 será de R$ 3.845,63. Na ocasião, o governo também lançou dois editais com a oferta de 168 mil vagas em cursos de graduação e pós-graduação para formação de professores.

O primeiro edital é o da Universidade Aberta do Brasil (UAB) e o segundo é do Programa Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor). Em discurso, o chefe do Executivo alegou “se colocar do outro lado do balcão” ao conceder o reajuste.

“Havia, sim, muitos, mas muitos pedidos de chefes do Executivo estaduais e municipais querendo 7%. Eu conversei com o Milton (Reibeiro, ministro da Educação): ‘O dinheiro de quem é? Quem é que repassa esse dinheiro para eles?’ Somos nós. O governo federal. ‘E a quem pertence a caneta BIC? Para assinar o reajuste?’ ‘Presidente, essa caneta Bic quem vai usá-la sou eu em portaria’. ‘E daí, Milton, 7% ou 33%?’. E eu sempre fiz uma coisa na minha vida: Aprendi cedo quando servi em Nioaque, em Mato Grosso do Sul, a me colocar do outro lado do balcão”.

“‘Milton, vamos nos colocar do outro lado do balcão? Nós como professores? Eu sou professor formado em Educação Física. É justo ou não é justo? O recurso, se a gente conceder 7% a diferença, 26% ficam para quem? Como vai ser utilizado, qual a melhor maneira de utilizar esse recurso? É com o professor ou é com o respectivo prefeito ou governador?’ Não precisou mais que poucos segundo para decidirmos: o artilheiro e o infante, fizemos força tarefa e decidimos então pelos 33%. É uma maneira que nós temos, um meio de valorizar 1,7 milhão de professores do ensino básico do Brasil, que de forma direta estarão envolvidos com 38 milhões de alunos. É mais uma realização entre tantas que anunciamos semanalmente que nos deixam todos felizes”, completou.

Ministro da Educação

Também presente no evento, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, destacou a importância da medida.

“Em 2022, portanto, nenhum profissional do magistério de escola pública poderá receber menos do que R$ 3.845,63. É importante destacar que a valorização dos professores vai muito além do seu reconhecimento por meio de melhores salários. Nesse sentido, é preciso reconhecer que o aperfeiçoamento pessoal do docente é fundamental”. “A educação básica é um alicerce para que possamos ter uma nação equilibrada, com pregresso”, completou.

Ribeiro também relatou que 2022 será “o ano dos professores”. “Em 2021, o ano foi dos médicos. Em 2022, o protagonismo será dos professores. Chega de usar os professores apenas como massa de política eleitoral”, disse.

‘Tem dinheiro’

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na última quinta-feira (3/1) que “tem dinheiro” para oferecer o reajuste salarial de 33,24% no piso dos professores, anunciado pelo governo na semana passada.

“Existia pressão para dar aumento de 10%. Mas tem dinheiro. O governo repassa o dinheiro do Fundeb”, disse o chefe do Executivo em sua tradicional live.

Em seguida, Bolsonaro citou reportagem com a notícia de que Confederação Nacional dos Municípios (CNM) orientou prefeitos a não conceder o aumento anunciado pelo governo. Os governos locais alegam preocupações jurídicas e fiscais com o aumento e dizem que não possuem caixa para cumpri-lo.”Vamos ver o que vai dar isso aí”,  comentou. Ao todo, o governo estima que cerca de 1,7 milhão de educadores devem ser beneficiados.A live desta quinta-feira começou mais tarde, às 20 horas, e não às 19 horas, como de costume. De acordo com Bolsonaro, o motivo foi a viagem a Porto Velho, capital de Rondônia, onde ele e o presidente do Peru, Pedro Castillo, encontraram-se.Ao todo, o governo estima que cerca de 1,7 milhão de educadores devem ser beneficiados.

Veja live na íntegra:

Vitória Supermercados