“Tudo certo para ser um casamento e sermos felizes para sempre”, diz presidente sobre PL

Por Henrique em 24 de novembro de 2021 às 11:41 | Atualizado 24 de novembro de 2021 às 11:53 “Tudo certo para ser um casamento e sermos felizes para sempre”, diz Bolsonaro sobre PL

O presidente Jair Bolsonaro confirmou nesta quarta-feira (24/11) a sua filiação ao PL (Partido Liberal) na próxima terça-feira (30/11), às 10h30. Afirmou que está “tudo certo para ser um casamento” e serem “felizes para sempre”.

Marcou para terça-feira. Tudo bem, acertamos São Paulo e o resto do Brasil. Está tudo certo para ser um casamento e sermos felizes para sempre”, disse. Deu declaração no caminho a pé de volta para o Palácio do Planalto depois de participar de solenidade na Câmara dos Deputados em que recebeu a Medalha de Mérito Legislativo.

O presidente disse que “foi tudo acertado” sobre as questões de posição do partido nos Estados. O principal impasse colocado por Bolsonaro foi o apoio da sigla ao vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB), para as eleições ao governo paulista de 2022. Por esse motivo, a sua filiação antes prevista para 22 de novembro foi adiada.

No macro foi tudo acertado. No macro. A princípio dia 30 tudo certo. São Paulo acertamos também”, afirmou. A data da filiação foi acordada junto do presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, com quem Bolsonaro teve reunião nessa segunda-feira (23/11).

Acertamos São Paulo e alguns Estados do Nordeste. No macro, foi tudo conversado com o Valdemar, sem problema. É uma pessoa que é conhecida por honrar a palavra. Da minha parte também. E temos tudo para realmente ajudar na política brasileira”, disse.

Bolsonaro disse ainda que tem falado com o ministro Tarcísio Freitas (Infraestrutura) para que concorra ao governo de São Paulo pelo partido. “Estamos conversando com o Tarcísio”, disse quando foi questionado sobre qual será a posição do PL nas eleições ao governo paulista.

Sobre a filiação de seus aliados, Bolsonaro declarou que deve ser articulada com o presidente do PL. “Logicamente, quem quiser vir é bem-vindo, mas quem vai conversar sobre filiação de parlamentar vai ser o próprio Valdemar ou alguém indicado por ele”, afirmou.

 

Medalha do Mérito Legislativo

Mais cedo, o presidente da República recebeu também nesta quarta-feira (24) a medalha Mérito Legislativo 2021 em cerimônia na Câmara dos Deputados. A entrega foi feita pelo presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), aliado do governo, e por indicação do líder do PSL na Câmara, deputado Major Vitor Hugo (GO). Ao ser condecorado, Bolsonaro foi hostilizado pela oposição, mas manteve-se firme, fez pronunciamento e recebeu apoio em aplauso de apoiadores e neutros.

A medalha tem o objetivo de reconhecer o trabalho de autoridades, personalidades, instituições ou entidades que tenham prestado serviços importantes ao Legislativo ou ao País. Bolsonaro foi deputado federal por 28 anos, mas sempre considerado um deputado de ‘baixo clero’, ressaltando suas qualidades em representar o povo e longe das articulações das ‘raposas’ da política.

Em um rápido discurso antes de ser homenageado, o presidente agradeceu a indicação de Vitor Hugo e o trabalho de Lira à frente da Câmara.

“Arthur Lira, muito obrigado pela deferência e pela forma como você se relaciona conosco”, declarou o presidente. “Muito me honra. Estou muito feliz neste momento”, completou Bolsonaro sobre a condecoração, a mais alta comenda da Câmara dos Deputados.

 

Com informações via Poder360

Deixe seu comentário