Traficante quer ser político em 2018 e deixa governo e judiciário em alerta - Portal CM7
 

CM7

 
Manaus, 22 de novembro
Mercado financeiro
Dólar
Euro
 
 
Home / Últimas Notícias / Política / Traficante quer ser político em 2018 e deixa governo e judiciário em alerta

Traficante quer ser político em 2018 e deixa governo e judiciário em alerta

Da redação | 14/10/2017 12:00

Possível atuação de traficantes na eleições 2018 deixa TSE preocupado

Manaus – Com a aproximação das novas eleições em 2018, a presença do crime organizado e a possível infiltração de políticos ligados a Família do Norte (FDN) preocupa o Governo Federal e o Judiciário.

Com o objetivo de coibir os integrantes da maior Facção Criminosa do País de terem participação na esfera política no Amazonas, o Tribunal Superiro Eleitoral (TSE), acionou os Ministros da Justiça e Cidadania, Torquato Jardim, e do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Sergio Etchegoyen, e mais representantes da Polícia Federal, Receita Federal e Agência Brasileira de Inteligência (Abin), para uma nova reunião, com data ainda a ser confirmada.

Para o TSE, o crime pode ser o financiador de ciaxa dois das candidaturas, conforme mostrou as auditorias nas doações no Processo Eleitoral Municipal.

As suspeitas de crimes na política no Amazonas surgiram durante a Operação La Muralha, que investigava o tráfico de drogas e prendeu o ex-vereador de Tocantins, ligado ao tráfico em Tabatinga (AM), em 2015.

 

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA