O Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), julgou este mês um recurso interposto pelo ex-prefeito do município do Careiro-Castanho, Joel Lobo, referente a condenação proferida das prestações de contas do exercício de 2012, os recursos de embargos de declaração com efeitos infringentes, opostos pelo ex-prefeito, sendo negado e mantendo na integra as disposições do acórdão nº 380/2020 – TCE/ Tribunal Pleno. Não há omissões capazes de modificar o decisório embargo.

Em 2019, a Câmara Municipal de Careiro reprovou as contas do ex-prefeito, com votos pela desaprovação de 11 dos 13 vereadores, o que tornaram inelegível para as eleições da Prefeitura de Careiro Castanho em 2020, agora com a confirmação do TCE-AM.

Confira a publicação no diário oficial eletrônico do TCE-AM.

Tags: , , , , ,