Senador Renan Calheiros é denunciado por receber R$ 700 mil em propina no caso da MP dos Portos

Por Thiago Quara em 9 de outubro de 2021 às 10:57 | Atualizado 9 de outubro de 2021 às 10:57

Brasil – O senador Renan Calheiros “recebeu vantagem indevida” para beneficiar empresários na tramitação da Medida Provisória (MP) dos Portos. É o que informou a subprocuradora-geral da República, Lindôra Araújo, ao Supremo Tribunal Federal (STF).

A avaliação sobre os indícios contra Renan faz parte de um pedido enviado à Corte, com a finalidade de que a investigação seja prorrogada por mais dois meses. Lindôra pretende colher os depoimentos do senador, de Lyra e de outros investigados.

Ela argumentou ainda ter “arcabouço probatório” reunido em uma investigação decorrente da Operação Postalis.

Conforme Lindôra, o responsável pelo “esquema criminoso” foi o contador Milton Lyra, apontado como operador do MDB.

Com informações Estado de São Paulo

Deixe seu comentário