Manaus- O anúncio de abertura de licitação para contratação da empresa que executará obras no “trecho do meio” da BR-319 foi tema de discursos hoje (quarta-feira -12), na Assembleia Legislativa do AM.

Com a cópia do aviso de licitação emitida pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), o deputado Fausto Jr. (PV) disse que finalmente as obras no “trecho do meio”, entre o 250 Km e 656 Km, vão sair do papel.

“O trecho do meio é a pior parte da estrada, onde a lama, os buracos e as pontes quebradas se estendem por mais de 400 quilômetros”, afirmou Fausto. “Quando chove, esse trecho fica intransitável. Finalmente a obra vai sair do papel”, acrescentou.

O parlamentar lembrou o compromisso do presidente Jair Bolsonaro, que em julho deste ano esteve em Manaus e garantiu que a BR-319 será recuperada.

“O presidente Bolsonaro disse que a BR-319 será asfaltada em seu governo. O aviso de licitação é a prova que a obra será mesmo executada”, afirmou Fausto. Vale lembrar que outros trechos da estrada, como os próximos a Manaus (AM) e Porto Velho (RO) já foram recuperados, totalizando quase 400 quilômetros de obra.

Fausto Jr. lembra que a promessa de recuperação da BR-319 se arrasta há quase 30 anos. Segundo o deputado, as promessas foram feitas por seis ex presidentes (Collor, Itamar Franco, Fernando Henrique, Lula, Dilma e Michel Temer).

“Tivemos até um ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, que prometeu terminar a obra, porém não teve sucesso”, lembra Fausto Jr. “Graças ao presidente Bolsonaro e do ministro de Infraestrutura, Tarcísio Freitas, o projeto voltou a andar e as obras estão sendo realizadas”, elogiou.

A BR-319 possui quase 800 quilômetros de extensão, ligando Manaus a Porto Velho. No Amazonas, a rodovia atravessa os municípios do Careiro da Várzea, Careiro Castanho, Manaquiri, Autazes, Manicoré, Tapauá, Lábrea, Humaitá e Canutama.