Brasil – A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB) deixou a cadeira de senadora após ser derrotada nas urnas, nas eleições de 2018. Por oito anos, a amazonense se revezou entre defesas apaixonadas a Lula e Dilma, e, já nos últimos meses, ataques ferozes a Michel Temer e Bolsonaro.

De postura radical com seus empregados e de temperamento difícil em dados momentos, Vanessa não aceitou o resultados das urnas até ser obrigada, em último discursos no Senado, a reconhecer que nada mais devia ser feito após a proclamação do resultado das eleições gerais.

Com informações de Ac jornal