Manaus – Na manha desta terça-feira (19/05) em mais uma sessão ordinária virtual sobre a Saúde do Amazonas, a deputada estadual Alessandra Campelo se colocou contra a instauração da CPI da Saúde, aberta na Assembléia Legislativa do Amazonas (Aleam) para investigar a secretaria de saúde na atual gestão diante do combate a pandemia da Covid-19 e dos governos anteriores de 2011 a 2015.

A deputada em diversas sessões, discorda publicamente da CPI da Saúde, mesmo diante de denuncias relevantes ao que acontece na saudê do Amazonas desde o ano de 2011, incluindo as investigações da Polícia Federal, no caso da Operação Maus Caminhos, em que milhões foi desviado da saúde na época do Jose Melo.

Segundo Alessandra, a CPI é inválida, ilegal e sem transparência, por isso solicita protocolos e regras especificas para que a CPI siga adiante. “Sou favorável à investigação, mas desde que siga as regras. Não sou contra qualquer investigação, mas não pode ser da cabeça do presidente, há regras”, disse a deputada.

Alessandra vem se colocando contra o atual presidente, Josué Neto, em todas as pautas relevantes no que diz respeito a investigação referente a CPI da saúde e também a qualquer tipo de investigação envolvendo o atual governo do estado.

Veja o vídeo:>>>>>>>>>>>>

As imagens do vídeo foram passadas no Jornal do Amazonas.