Os partidos políticos que homologaram os nomes dos candidatos que irão disputar as eleições deste ano, tanto ao cargo majoritário quanto ao proporcional, têm até o dia 26 deste mês para registrar as candidaturas no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), obedecendo o calendário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A data final de registro de candidaturas é na véspera para o data de início da campanhas de rua.

Os pedidos de registros de todos os candidatos serão julgados pelo TRE e, somente após serem deferidos é que estarão aptos a disputarem, de fato, as eleições municipais 2020.

O vereador e candidato a prefeito de Manaus, Chico Preto (DC), foi o primeiro a enviar os documentos ao TRE-AM. Até a data desta quinta-feira, 17, o ‘status’ do processo no site da instituição na internet, conforme registro do ‘Divulgacand’ (Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais) é de ‘aguardando julgamento’.

Onze candidatos tiveram os nomes homologados até esta quarta-feira, 16, último prazo para as convenções partidárias. Entre os nomes estão, Amazonino Mendes (Podemos), David Almeida (Avante), Chico Preto (DC), Romero Reis (Novo), Ricardo Nicolau (PSD), José Ricardo (PT), Marcelo Amil (PCdoB), Alberto Neto (Republicanos), Coronel Menezes (Patriota), Alfredo Nascimento (PL) e Gilberto Vasconcelos (PSTU).

Até o momento, somente Chico Preto deu entrada no pedido registro de candidatura no TRE. O candidato Gilberto Vasconcelos disse que estará enviando as documentações para o registro ao TRE-AM ainda esta semana.

José Ricardo disse que enviará o pedido de registro ainda nesta quinta-feira. Alfredo Nascimento disse que o partido está providenciando a documentação. Coronel Menezes informou que até sexta-feira, 18, estarão protocolando o pedido de registro de candidatura.

Em resposta à reportagem, David Almeida informou que o registro de candidatura à Prefeitura de Manaus dele, e do seu vice, Marcos Rotta (Democratas), será encaminhado nesta sexta, ao Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas.

“Após o protocolo, a previsão é de que, em até cinco dias, a Justiça Eleitoral forneça o CNPJ dos candidatos para que, em até 10 dias, eles possam abrir a conta corrente e começar produzir material impresso para a campanha”, acrescentou.

Marcelo Amil disse que os registros de candidaturas estão sendo feitos na tarde desta quinta-feira, no sistema do TRE.