Política – O senador Omar Aziz (PSD-AM) foi incluído como o numero oito na lista dos dez mais faltosos do Senado, em levantamento publicado pelo portal G1. O senador pelo Amazonas faltou 37 dias (14,5% das sessões ordinárias). Segundo levantamento, em três anos, 76 senadores atualmente no exercício do mandato e outros 13 que em algum momento exerceram o mandato requisitaram “licença para atividade parlamentar”, que não existe na Câmara dos Deputados, e permite faltar a uma sessão deliberativa sem apresentar justificativa e sem desconto no salário.

No total, são 1.320 ausências, pelas quais o Senado pagou R$ 1,48 milhão – considerando que um dia do salário mensal (R$ 33,7 mil) de um senador corresponde a R$ 1.125,43. O levantamento contabilizou as sessões deliberativas ordinárias realizadas desde o início de 2015, quando começou a atual legislatura, até abril deste ano.

Os dados são públicos e estão disponíveis na seção de relatórios mensais do site do Senado. Para se ter acesso, é preciso buscar no site os relatórios mensais do Senado e procurar o mês ou ano que se deseja (2017, por exemplo).

A assessoria de Omar divulgou que “o trabalho de um senador vai além da participação em sessões deliberativas. Nestas datas apresentadas, o Senador participou de solenidades com ministros de Estado, audiências públicas com prefeitos, vereadores e deputados estaduais no interior e na capital do Amazonas, eventos partidários e até de duas eleições (uma delas complementar no Estado, em 2017)”.

G1