Omar Aziz diz que Petrobras deve satisfação ao povo brasileiro sobre reajuste dos combustíveis - Portal CM7
 
Adsense Responsivo
Manaus, 16 de June 25 ºC Tempestades
Mercado financeiro
Dólar R$ 3.73 -2.15%
Euro R$ 4.3315 -1.68%
 
 
Home / Últimas Notícias / Política / Omar Aziz diz que Petrobras deve satisfação ao povo brasileiro sobre reajuste dos combustíveis

Omar Aziz diz que Petrobras deve satisfação ao povo brasileiro sobre reajuste dos combustíveis

Postado por Marcus Barros | 24/05/2018 15:54

Foto Divulgação

Política – O senador Omar Aziz (PSD) cobrou na quarta-feira, 23, no plenário do Senado Federal, uma satisfação da Petrobras sobre os frequentes reajustes de combustíveis que a estatal tem feito nos últimos dias. A cobrança foi feita durante a votação da Medida Provisória (MP) 811/2017, que autoriza a venda direta de petróleo pela estatal Pré-Sal Petróleo S/A.

De acordo com o Senador, o atual presidente da Petrobras, Pedro Parente, não apresentou uma fórmula para a estatal brasileira ganhar dinheiro e o que se tem visto são vários aumentos sem satisfação ao povo brasileiro.

“O Pedro Parente, que todo mundo elogia muito que ele é competente, não inventou uma fórmula para a Petrobras ganhar dinheiro. Ele inventou uma fórmula que a gasolina aumenta todo dia. Competente é quando você tem uma empresa equilibrada e com um preço justo ao consumidor final, coisa que a Petrobras não faz hoje. Além disso, o Pedro Parente disse que a Petrobras não deve satisfação a ninguém, mas a mim ele deve. Tem que dar satisfação sobre o leilão”, destaca.

Ainda durante a sessão, Omar Aziz sugeriu que o Senado Federal tenha acesso a caixa-preta da Petrobras para se descobrir qual o valor do combustível antes de ir para as refinarias. Para o Senador, sem a planilha de custo do combustível não há como fiscalizar o valor do produto.

“Precisamos da união dos governos Federal e Estadual para que possamos reduzir os custos do combustível. Sugiro também, que possamos abrir a caixa-preta e sabermos quanto custa esse combustível antes de ser refinado e ir para as bombas. No Amazonas, por exemplo, na capital o custo da gasolina é um e no interior é quase o dobro do valor. Nesses lugares, as pessoas não dependem só da gasolina para andar de carro, mas principalmente se locomover pelos rios da Amazônia”, finaliza.

O Plenário aprovou o Projeto de Lei Conversão (PLV) 9/2018, oriundo da MP 811/2017, com isso a Pré-Sal Petróleo S/A (PPSA) está autorizada a realizar diretamente a comercialização da parte de óleo. O Senador manifestou apoio à proposta, mas pediu um acordo para a redução do preço dos combustíveis.

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie nas Últimas Notícias

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA

 
 
Aplicativo da Rádio CM7