Mesmo cassado, prefeito de Anamã assina compra de R$ 708,9 mil em ar-condicionados

Por em 17 de maio de 2018 às 15:05 | Atualizado 17 de maio de 2018 às 15:05

Amazonas – Cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no último dia 19 de Abril, o (ainda) prefeito de Anamã, Raimundo Chicó (MDB), assinou a compra de R$ 708,9 mil reais em aparelhos de ar-condicionados para atender ao seu gabinete, secretarias e escolas municipais. A publicação da compra está no Diário Oficial dos Municípios divulgada na segunda-feira, 15, e indica a empresa Francisco Lino de Oliveira – ME, sediada no município de Manacapuru, como a vencedora da licitação via registro de preço.

O processo que cassou Raimundo Chicó já está publicado no Diário Oficial do TSE desde o dia 8 deste mês aguardando envio da notificação para o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM) com a determinação de realizar novas eleições em Anamã. Desta vez, Chicó tem que deixar a prefeitura em função de que, quando a eleição foi realizada em 2016, ele cumpria os últimos cinco dias como ficha suja, efeito da condenação sofrida nas Eleições 2008.

De acordo com o despacho a empresa vai realizar manutenção preventiva, limpeza, instalação e reposição de peças nos equipamentos. A compra visa atender todas as Escolas Municipais, Estaduais, Secretarias, Prefeitura e órgãos que integram a Administração Municipal no Município Anamã.

Direito de resposta:

A redação entrou em contato com a assessoria da Prefeitura de Anamã através do número (92) 999132928, mas não deram nenhum posicionamento. Deixamos o espaço para o direito de resposta.

Conforme a lei 13.188/2015, Art. Aclarando ao ofendido em matéria divulgada o resguardo a direito de resposta.

Tribuna do Amazonas

Deixe seu comentário