O deputado federal Gedeão Amorim (MDB) e o ex-deputado estadual Eron Bezerra (PCdoB) estão entre os dez maiores fichas sujas do Estado do Amazonas, segundo informações divulgadas pelo Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM).

De acordo com lista divulgada pelo TCE no início da tarde desta segunda-feira, dia 26, Eron é o segundo no ranking de contas irregulares com 13 pendências. O comunista é seguido de perto por Gedeão, que tem 12 contas irregulares.

Gedeão foi secretário de Educação no Governo Eduardo Braga (MDB) e Eron foi titular da Sepror nos Governos Braga e Omar Aziz.

O TCE ainda não deu publicidade aos problemas nas contas que colocaram os dois políticos nesta condição.

O procurador Edmilson Barreiros explicou que mais importante que a quantidade de processos é a razão da irregularidade para o veto do nome de um político nas urnas.

Fonte BNC