Amazonas – Em pronunciamento na manhã desta quinta-feira, o deputado Delegado Péricles afirmou que o marido da atual secretária de comunicação presta serviços ao Governo do Estado com outra empresa em seu nome. A CPI apura que ele tenha recebido quase R$8 milhões dos cofres públicos apenas entre 2019 e 2020.

“Estamos apurando que não se trata apenas do valor da negociação por meio da Sonoar – que ele teve sim direito aos ganhos por ser proprietário dela. O senhor Luiz também mantém outro contrato com o estado e já faturou, desde o ano passado, quase R$8 milhões. Essa CPI tem responsabilidade e é séria. Nenhum fato passará despercebido por ela”, afirmou.

Tendo como base as descobertas sobre outros contratos mantidos pelo marido da secretária de estado, Péricles afirma que apresentará Projeto de Lei que terá como objetivo combater esse tipo de beneficiamento de familiares dentro do executivo. ”Apresentarei projeto que proibirá que qualquer familiar de secretariado ou do governador e vice mantenha contratos com o governo do estado, justamente para evitarmos novos casos e escândalos como esse”, concluiu.