Marcellus Campêlo, Nilton Lins Júnior e outros presos na Operação Sangria deixam Centro de Detenção

Por Caxias em 7 de junho de 2021 às 17:28 | Atualizado 7 de junho de 2021 às 17:28

Manaus – Nesta segunda-feira (6), o Secretário de Saúde do Amazonas, Marcellus Campêlo, e os empresários Nilton Costa Lins Júnior, Frank Andrey Gomes de Abreu, Sérgio José Silva Chalub e Carlos Henrique Alecrim John deixaram os centros de detenção provisória em Manaus, devido ao fim do prazo dos mandados de prisões temporárias.

Eles haviam sido presos na quarta-feira passada (2), junto ao empresário Rafael Garcia da Silveira, que foi detido em Porto Alegre, na quarta fase da Operação Sangria, desenvolvida pela Polícia Federal, que investiga desvios de recursos públicos no enfrentamento à Covid-19 no estado do Amazonas.

Deixe seu comentário