Manaus – O Secretário de Estado de Educação (Seduc) Luiz Castro, pediu demissão na noite desta terça-feira (27). Luiz Castro que é filiado a Rede, entregou o cargo ao governador Wilson Lima, após quase nove meses a frente da pasta da educação.

O pedido demissão foi motivado pela crise instalada na gestão, após delação feita ao Ministério Público de Contas (MPC) pelo empresário do ramo de transportes, Francisco Dantas, a respeito de cobrança de propina em contratos da Seduc, denuncia contestada pelo secretário.

Luiz Castro é ex-deputado estadual e nas últimas eleições por pouco não se elegeu senador,  sendo ultrapassado por Eduardo Braga (MDB), que ficou com a vaga.

Francisco Dantas declarou que vários deputados estão envolvidos no esquema de transportes, esta semana muitas denuncias poderão mudar o quadro político de Manaus.