Manaus – Na última terça-feira (7), a Justiça do Estado do Amazonas condenou o ex-deputado federal e ex-vice-prefeito de Manaus Carlos Souza e seu irmão, o ex-vereador e ex-deputado estadual Fausto Souza, a 15 anos de prisão além de multas no valor de R$ 55.411,16 para cada um, pelo crime de associação com o tráfico de drogas.

A denuncia original foi realizada pelo MPE-AM (Ministério Público do Estado do Amazonas) no ano de 2009, e também condenou três policiais militares e um ex-policial militar. Os funcionários do programa ‘canal livre’, João Sidney Vilaça de Brito, João Bosco Sarraf de Resende e Vanessa de Souza Lima, foram inocentados da sentença.

Carlos Souza e Fausto Souza foram denunciados a partir de informações obtidas através de uma força tarefa, que visava investigar uma suposta quadrilha que envolvia os irmãos Souza. As investigações apontam que, os irmãos utilizavam de suas influências políticas para facilitar o tráfico de drogas e acobertar tais delitos.


História vai ganhar série na Netflix 

O diretor e produtor renomado Daniel Bogado, está dirigindo a série inspirada nos ‘irmãos coragem’ e vai se chamar “Bandidos na TV”, e será focado em Wallace Souza. A data prevista para seu lançamento será no dia 31 de maio deste ano.

Wallace Souza foi acusado alguns anos depois, de ser chefe de uma facção criminosa e de mandar assassinar membros de facções rivais com objetivo de mostrar no seu próprio programa, o ‘Canal Livre’.

Confira o documento da condenação dos irmãos Souza

Sentença de condenação de Fausto e Carlos Souza